1 de jul de 2010

CONHECENDO O CAODAÍSMO

Templo Caodaísta


Cao Dai ("Morada Alta" em língua vietnamita) ou Caodaísmo é uma religião sincretista relativamente nova, monoteísta, oficialmente fundada na cidade de Tay Ninh, no sul do Vietnã, por Ngô Văn Chiêu, no ano de 1926.
O nome completo da religião é Đạo Đại Tam Ky Tél Độ, o que significa "a terceira grande amnistia religiosa universal". A religião tem 7 ou 8 milhões de seguidores no Vietnã, e uma significante quantia em Austrália, Nova Zelândia e Oceania.


O fundador do Cao Dai foi Ngô Văn Chiêu, nascido no seio de uma família pobre. Aos sete anos foi viver com uma tia cuja condição economica era consideravelmente superior. Desde novo, Ngo Van Chieu mostrava-se interessado em religião, tendo estudado as tradições orientais do confucionismo e do taoísmo, bem como o espiritismo.


Em 1919 Ngo Van Chieu, que se tinha tornado funcionário do governo francês na Indochina, alegou ter recebido uma mensagem do Ser Supremo ("Duc Cao Dai") enquanto participava numa sessão de espiritismo na qual procurava uma resposta para os problemas de saúde da sua mãe. Ele se tornaria o profeta do novo movimento religioso, cuja constituição oficial ocorre a 7 de Outubro de 1926. Quando o Japão invadiu a Indochina um exército constituído por membros do Cao Dai foi estabelecido e após a guerra o movimento se tornou uma força que influenciou a vida política nacional. Quando o Vietname se tornou um país comunista em 1975, o movimento foi reprimido pelas autoridades e em consequência surgiu uma diáspora de membros do movimento que levou a religião a outros locais do planeta.

Principais crenças
A religião acredita na existência de um único Deus, a quem chama de "Cao Dai", que se considera ser o mesmo Deus adorado pelas outras religiões sob diversos nomes. Este ser, que não possui genero ou forma, é representado como um olho esquerdo inserido num triângulo, símbolo que pode ser visto em todos os templos da religião.

Deus era a única coisa existente até ele ter decidido criar o universo, os seres humanos, as plantas, os animais, etc. O processo de criação implicou a divisão de Deus e por isso o caodaísmo defende que todos os seres possuem uma parte de Deus neles próprios.

A história religiosa do mundo é dividida em três grandes períodos. O primeiro iniciou-se em 2500 a.C. quando Deus inspirou a fundação do judaísmo, do hinduísmo e da religião chinesa. Cerca de mil anos depois, iniciou-se o segundo período durante o qual surgiram o budismo, confucionismo, o cristianismo e o islão. Porém, as mensagens destas religiões foram corrompidas e elas não deram lugar ao nascimento de uma religião universal, entre outras razões, pelas dificuldades nos transportes e nas comunicações. Por esta razão, Deus iniciou um terceiro período de transmissão no qual surgiu o caodaísmo cujo objectivo pretende ser reunir os ensinamentos destas religiões e ao mesmo tempo unir toda a humanidade na mesma religião. Enquanto que nas ocasiões anteriores Deus usuou profetas para comunicar a sua mensagem, desta feita ele decidiu comunicar directamente com os seres humanos através de sessões espíritas. Neste terceiro período Deus escolheu especificamente o sul do Vietname para divulgar a sua mensagem por entender que ao longo dos tempos o povo desta região se mostrou aberto à religião.

O sincretismo deste movimento religioso pode ser detectado na fusão de elementos centrais do taoísmo, confucionismo e budismo.

O adeptos do Cao Dai acreditam na reencarnação e no karma. As ações positivas ou negativas de uma pessoa determinam as condições de vida futura. Uma pessoa cujas ações forem excessivamente negativas continuará a entrar no ciclo das existências; pelo contrário, aqueles que tenham levado uma vida plena de boas ações poderão experimentar uma futura vida agradável ou poderão mesmo libertar-se do ciclo de morte e renascimento.

Práticas
O Cao Dai oferece duas formas de praticar a religião: a exotérica e a esotérica. A primeira forma é a mais seguida pelos adeptos e é praticada no contexto de uma vida de leigo. A via exotérica implica praticar o bem e evitar o mal, seguir os preceitos e virtudes confucionistas, seguir os cinco preceitos (não matar, não roubar, não cometer adultério, não tomar substâncias intoxicantes e não usar palavras agressivas) e levar uma alimentação vegetariana durante dez dias de um mês.

A via esotérica (conhecida como Chieu-Minh Vo Vi) é considerada a mais elevada das duas vias, mas é também é mais rigorosa e exigente. Nela é obrigatório seguir sempre uma alimentação vegetariana e praticar a meditação. Os padres do Cao Dai seguem esta via, na qual comprometem-se a seguir os quatro mandamentos.

As práticas religiosas devem ser realizadas diariamente, podendo ter lugar nos lares ou nos templos. É recomendado que os adeptos do caodaísmo realizem quatro cerimónias ao longo do dia (às seis horas da manhã, ao meio-dia, às oito horas da noite e à meia-noite); porém o mínimo exigido é uma cerimonia. O local central deste culto religioso é o altar, que deve ser posicionado no centro de uma casa ou templo. Perante o altar os crentes recitam orações e fazem prostrações.

Organização interna
A organização interna da religião assemelha-se em larga medida à da Igreja Católica Romana. A estrutura do movimento encontra-se definida no "Phap-Chanh-Truyen", que é a constituição escrita do movimento, alegadamente transmitida por Deus ao longo de uma série de sessões espíritas. A religião possui padres, bispos, arcebispos, cardeais e um papa. As mulheres podem ser ordenadas na religião, porém não podem alcançar a posição de papa. Desde 1934 que o movimento não possui um papa.

Fonte: Wikipédia



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails