30 de mar de 2009

FOTOS DO I FÓRUM MUNDIAL UNIVERSALISTA

















Confiram aqui algumas das várias fotos que ainda postaremos desse INOLVIDÁVEL EVENTO.

Caro visitante universalista,

Neste último domingo, 29 de Março, aconteceu o evento que há anos atrás parecia utópico! Os idealizadores do universalismo conseguiram unir pelo menos 20 líderes de diversas correntes religiosas para um encontro inter-religioso memorável na Fábrica do Amanhã. É emocionante participar de um encontro como esse. Dá pra sentir a energia do amor pairando no ar!

Nesse primeiro Fórum - ainda haverá muitos outros - palestraram os líderes da Igreja Ortodoxa Bielorussa, do espiritismo, do budismo, do catolicismo romano e do protestantismo. Esses líderes, respeitadíssimos em suas comunidades, deram a visão de cada religião para esses primeiros anos do terceiro milênio, sob vários aspectos: Religiosos, comunitários, educacionais, de trabalhos sociais, comportamentais entre outros.

No intervalo entre as palestras, se apresentaram outras tradições mostrando danças, músicas e outros rituais. Foi muito gostoso ver e cantar junto com os adeptos de Hare Krishna o mantra "hare Krishna". Além deles, fomos contagiados pelo ritmo empolgante dos tambores da umbanda, apresentados pelo pessoal da U.B.E., e pelas danças ciganas.

E no final do encontro, todos se reuniram em círculo e se abraçaram fraternalmente, mostrando que o amor está acima de tudo.

Vendo tantas pessoas trabalhando pelo amor, que são dignas, benfeitoras, pacíficas, respeitosas fica impossível de acreditar que há um Deus que jogará umas no suplício eterno e outras no paraíso apenas por buscarem a Ele de forma diferente. Deus julga os sentimentos, as ações e o procedimento de cada pessoa e não se ela o busca por essa ou aquela doutrina. O mundo é imenso e há muitas culturas diferentes!

Pensemos nisso e exaltemos o respeito, a caridade, a tolerância com todos. Pois, afinal, somos todos filhos de nosso Pai Celestial.

Com a benção de Deus, haverá outros eventos como este em breve. Participe conosco e sinta esta energia e alegria ao vivo!

Muita paz e luz a todos irmãos que nos leem. Que Brahma, Alah, Deus, Elohim, Jah, Gaia, Zambi, Olorun, Krishna, Jeová, Tupã, Deusa, o Criador incriado te abençoe!

Douglas Batista de Carvalho e Eduardo Levi B. de Carvalho


26 de mar de 2009

O QUE É A SEICHO-NO-IE?

É um ensinamento de amor que prega que o ser humano é filho de Deus, que o mundo da matéria é projeção da mente e, também, nos revela qual é a nossa verdadeira natureza. É uma filosofia que transcende o sectarismo religioso, pois acredita que todas as religiões são luzes de salvação que emanam de um único Deus.

ANO DE FUNDAÇÃO
Fundada por Masaharu Taniguchi, em 1° de março de 1930, no Japão.

QUEM FOI MASAHARU TANIGUCHI?
Dentre os líderes espirituais do Japão, Masaharu Taniguchi é um dos mais conhecidos e influentes. Através de suas preleções, livros, artigos, etc., atinge milhões de pessoas. Suas mensagens são simples, objetivas e capazes de modificar vidas.

A SEICHO-NO-IE É RELIGIÃO OU FILOSOFIA?
A Seicho-No-Ie pode ser considerada uma filosofia de vida e também uma religião, não há rigidez de conceito neste sentido. Ela tem como objetivo despertar no coração das pessoas a verdade de que todos são filhos de Deus e fazer com que, através de atos, palavras e pensamentos, tornemos este mundo um mundo melhor.

A FELICIDADE DE QUEM PRATICA
Aqueles que praticam os ensinamentos da Seicho-No-Ie aprendem a reconhecer sua verdadeira natureza de filho de Deus e, em conseqüência disso, começam então a ocorrer fatos milagrosos como a cura de doenças, reconciliação de lares em desarmonia, exteriorização de grandes talentos, êxito profissional, solução de problemas econômicos e amorosos etc.

PARA QUEM JÁ TEM UMA RELIGIÃO
Existem pessoas que, mesmo já sendo adeptas de uma religião e freqüentando assiduamente suas atividades, sentem-se muito bem e felizes ao entrar em contato com os ensinamentos da Seicho-No-Ie, que por sua vez recebe, com muito amor e carinho, todas as pessoas, sem nenhuma restrição.

Fonte: http://www.sni.org.br/oque.asp - na página tem um vídeo explicativo, acessem.

ATO PÚBLICO EM DEFESA DA VIDA

Projeto de Lei 1135/91
Acontecerá na Praça da Sé (SP), 28 de março de 2009, sábado, às 10h

O ATO PÚBLICO visa sensibilizar e convidar o povo brasileiro, os governantes e o Congresso Nacional para uma rejeição efetiva ao projeto de Lei 1135/91, que legaliza o aborto até o nono mês da gravidez, procedimento este que poderá ser aplicado sem qualquer restrição.
Este movimento de cidadania é suprapartidário e supra religioso.


No evento, haverá pronunciamento de expressivas lideranças da sociedade civil e apresentação de números artísticos, somando esforços contra a imposição deste Projeto de Lei, além de promover uma reflexão sobre o papel do ser humano na sociedade.

Dentre as presenças confirmadas para o Ato Público podemos citar: Deputado Federal Luiz Bassuma, presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida na Câmara Federal;Dom Nelson Westrupp, presidente do Conselho Episcopal Regional Sul 1 – CNBB; Deputado Federal Jorge Tadeu Mudalen, relator do Projeto de lei 1135/91; Nestor Masotti, presidente da Federação Espírita Brasileira; D. Joaquim Justino Carrera representante do Cardeal D. Odilo Scherer da Arquidiocese de São Paulo; Dra. Marília de Castro, coordenadora do Comitê Estadual do Movimento Nacional em Defesa da Vida; Dr. Cícero Harada, presidente da Comissão da Defesa da República e Democracia da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo; Dra. Alice Teixeira, professora associada de Biofísica da UNIFESP/EPM na área de Biologia celular; Jaime Ferreira Lopes, coordenador do Movimento Nacional em Defesa da Vida; Padre Antonio Maria, Dra. Marlene Nobre, médica; Ives Gandra, jurista, Dr. Rogério Pinto Coelho Amato, Secretário Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social; Luiz Carlos Gonzaga, presidente da REBRAF, Deputado Federal Talmir Rodrigues, integrante da Frente contra a legalização do aborto na Câmara Federal, Deputado Estadual Orlando Morando, presidente da Frente Parlamentar em defesa da vida contra o aborto da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, Dra. Maria Odete Duque Bertasi, presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo; ex-senadora Heloísa Helena.

Esperamos contar com sua presença e seu apoio.


Fonte: www.emdefesadavida.com.br




24 de mar de 2009

REENCARNAÇÃO: HISTÓRIAS DE VIDAS PASSADAS

Dois documentários transmitidos em Redes de TV renomadas mostram casos muito curiosos sobre a reencarnação. Essas evidências comprovariam a Transmigração das Almas através dos corpos materiais como forma de alcançarem suas evoluções?

GLOBO REPÓRTER


DISCOVERY CHANNEL
Parte 1


Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Buscamos conhecimento na Bíblia para embasar a Misericórdia Divina, nos livros:
Is 26:19 / Jó 14:10-14 / Ez 37:5-14 / Jer 1:5 / Mt 11:10-15, 14:2, 17:10-13 / Lc 117 / I Cor 15:35 e no famoso diálogo do Mestre Jesus com Nicodemos em João 3:3-8. Também nas passagens ORIGINAIS e INTÁCTAS da Tanách nos Salmos 16:9-10, 19:8, 23, 30:4, 36:6-8, 49:14-16, 71:20, 78, 85:6-8, 86:12-13, 105, 107:19-20, 135:13-14, 136.

Se alguém mais puder enviar textos sagrados de outras culturas e religiões que abordam a reencarnação agradecemos e colocaremos no post para dar mais fundamento.

Muita paz e muita luz a todos!

22 de mar de 2009

EVANGELHO DA SEMANA | MATEUS 5:46

"Não fazem os publicanos também o mesmo?" - Jesus.

Trabalhar no horário comum irrepreensivelmente, cuidar dos deveres domésticos, satisfazer exigências legais e exercitar a correção de proceder, fazendo o bastante na esfera das obrigações inadiáveis, são tarefas peculiares a crentes e descrentes na senda diária.
Jesus, contudo, espera algo mais do discípulo. Correspondes aos impositivos do trabalho diuturno, criando coragem, alegria e estímulo, em der- redor de ti?
Sabes improvisar o bem, onde outras pessoas se mostraram infrutíferas?
Aproveitas, com êxito, o material que outrem desprezou por imprestável?
Aguardas, com paciência, onde outros desesperaram?
Na posição de crente, conservas o espírito de serviço, onde o descrente congelou o espírito de ação?
Partilhas a alegria de teus amigos, sem inveja e sem ciúme, e participas do sofrimento de teus adversários, sem falsa superioridade e sem alarde?
Que dás de ti mesmo no ministério da caridade?
Garantir o continuísmo da espécie, revelar utilidade geral e adaptarse aos movimentos da vida são característicos dos próprios irracionais.
O homem vulgar, de muitos milênios para cá, vem comendo e bebendo, dormindo e agindo sem diferenças fundamentais, na ordem coletiva. De vinte séculos a esta parte, todavia, abençoada luz
resplandece na Terra com os ensinamentos do Cristo, convidando-nos a escalar os cimos da espiritualidade superior. Nem todos a percebem, ainda, não obstante envolver a todos. Mas.. para quantos se felicitam em suas bênçãos extraordinárias, surge o desafio do Mestre, indagando sobre o que de extraordinário estamos fazendo.

Fonte: Livro Fonte Viva - Psicografia Francisco Candido Xavier - Espírito Emmanuel

18 de mar de 2009

O QUE É O DIVINISMO

A Sagrada Finalidade da Existência do espírito filho de Deus é desabrochar o Deus Interior até sintonizar com o Princípio ou Deus, de onde saiu com todas as Virtudes Divinas em potencial para desabrochar tudo no curso das existências do espírito, em mundos e humanidades, até a Volta, de novo, à Unidade Divina.

Ninguém é filho especial de Deus, mas todos os filhos têm em si o Reino de Deus a desabrochar no imo. Aquilo que Deus é, isso mesmo é o filho, em essência.

Deus é impessoal, o Centro Gerador. É íntimo e não próximo, não precisa vir de fora, mas deve ser descoberto no imo, por evolução de cada homem ou filho, em si mesmo.

Os clericalismos, entretanto, colocam os filhos longe do Pai Divino, que eles impõem como sendo antropomórfico e individual.

E tanto aprendem a olhar para fora, a cultivar idolatrias, que se esquecem de que são partículas de Deus, de que trazem no imo as virtudes que, desabrochadas, desenvolvidas, resultarão em Luz, Glória e Poder. A Ciência da Unidade, dos Grandes Iniciados, faz reportar a isso. Mas um tal estado não pode ser adquirido exteriormente, porque é uma questão de autofazimento.

O que importa, entretanto, é conhecer ao máximo as três realidades máximas, que são: ORIGEM, PROCESSO EVOLUTIVO e SAGRADA FINALIDADE.

Atingir a finalidade, ou voltar a ser UNO, VERBO DIVINO OU AGENTE INDIVIDUADO DO PRINCÍPIO, sem viver o respeito que deve às leis fundamentais ou poderes determinantes, é totalmente impossível.

Ao seio dos ENSINOS INICIÁTICOS, Três Fatores Fundamentais Deus entregou, para Seus filhos poderem atingir mais depressa a SAGRADA FINALIDADE, com menos sofrimentos. Eis os Três Fatores Fundamentais de COMPORTAMENTO:

1. Lei de Deus, como fator MORAL. Importa viver a Lei, para não haver crimes entre irmãos. Com a Lei de Deus VIVIDA, não haverá o que pagar até o último ceitil;

2. A Modelagem do Cristo, como OBJETIVO A SER ATINGIDO. Importa reconhecer a significação do Verbo Exemplar, Modelo de tudo que deriva do Princípio e ao Princípio deve retornar, como Espírito e Verdade. Com o Verbo Exemplar IMITADO, será fácil viver a Lei de Deus;

3. O Batismo de Revelação, como FONTE DE ADVERTÊNCIA, ILUSTRAÇÃO E CONSOLO. Importa cultivar nobremente os Dons Mediúnicos, para que não falte a Consoladora Revelação. Com os Dons do Espírito Santo, Carismas ou Mediunidades nobremente cultivados, jamais faltarão os contatos entre encarnados e desencarnados.


Fonte: Site oficial do Divinismo

17 de mar de 2009

A GLÂNDULA PINEAL E O ESPÍRITO

IMPERDÍVEL! Médico brasileiro fala sobre suas pesquisas sobre a glândula pineal e sua relação com o "além", e com algumas doenças como a bipolaridade e epilepsia. Há uma parte interessante onde ele pergunta se algum cientista já conseguiu provar o materialismo. SENSACIONAL! Não percam!


Parte 1


Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Parte 6


Fonte: Canal deusmihifortis no Youtube

15 de mar de 2009

EVANGELHO DA SEMANA | LUCAS 23:34

"Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.. ." - Jesus.

Se o homicida conhecesse, de antemão, o tributo de dor que a vida lhe cobrará, no reajuste do seu destino, preferiria não ter braços para desferir qualquer golpe.
Se o caluniador pudesse eliminar a crosta de sombra que lhe enlouquece a visão, observando o, sofrimento que o espera no acerto de contas com a verdade, paralisaria as cordas vocais ou imobilizaria a pena, a fim de não se confiar à acusação descabida.
Se o desertor do bem conseguisse enxergar as perigosas ciladas com que as trevas lhe furtarão o contentamento de viver, deter-se-ia feliz, sob as algemas santificantes dos mais pesados deveres.
Se o ingrato percebesse o fel de amargura que lhe invadirá, mais tarde, o coração, não perpetraria o delito da indiferença.
Se o egoísta contemplasse a solidão infernal que o aguarda, nunca se apartaria da prática infatigável da fraternidade e da cooperação.
Se o glutão enxergasse os desequilíbrios para os quais encaminha o próprio corpo, apressando a marcha para a morte, renderia culto invariável à frugalidade e à harmonia.
Se soubéssemos quão terrível é o resultado de nosso desrespeito às Leis Divinas, jamais nos afastaríamos do caminho reto.
Perdoa, pois, a quem te fere e calunia. Em verdade, quantos se rendem às sugestões perturbadoras do mal, não sabem o que fazem.

Fonte: Livro Fonte Viva - Psicografia Francisco Candido Xavier - Espírito Emmanuel

13 de mar de 2009

O ABORTO NA VISÃO ESPÍRITA

No programa Transição, o orador e médium Divaldo Franco fala sobre esse assunto, tão comentado atualmente, sob a visão da doutrina espírita.


Parte1



Parte 2



Parte 3


Fonte: O Programa Transição vai ao ar pela RedeTV aos domingos a partir das 15hs. Também vai ao ar pela TV Mundo Maior (Acesse o site para saber como sintonizar).

12 de mar de 2009

DICA MUSICAL UNIVERSALISTA | YEMANJÁ RAINHA DO MAR (MARIA BETHÂNIA)



11 de mar de 2009

DEPOIMENTO PASTOR ORIEL | VIDA EM COMUNIDADE

Caro amigo!
Você já observou como é difícil viver em comunidade? E você sabe porquê? Pelo simples fato de que somos humanos. E o ser humano, de um modo geral é quase sempre egoísta. Muito embora seja um ser gregário, esse sentimento o afeta quando precisa de companhia para satisfazer o seu ego e algumas de suas necessidades. Você já participou de uma reunião de condomínio? Viu como é interessante que num conjunto de moradores são apenas meia dúzia que se preocupam com a comunidade como num todo e quando acontece de haver maior número de participantes, quase sempre haverá discussões.

Nós precisamos saber viver em comunidade. Saber amar, saber perdoar e saber conquistar. E você somente vai conseguir conquistar quando aprender a sorrir. O sorriso é contagiante. Experimente sorrir ao cumprimentar seu vizinho e você vai ver como a resposta será também através de um sorriso. Precisamos usar os sentimentos do bem que existe em cada um de nós.

Em todas as coisas do mundo e em todos os sentimentos, encontram-se presente a esperança, mesmo ela sendo um pouco inexistente em certos corações, ainda há, nem que seja um pouco dela na mente de alguém. Assim vivemos, muitas das vezes com um sorriso aflito, porém, sempre prontos para encarar as coisas da vida com os olhos fixos num objetivo. Cada movimento que fazemos nos incentiva a continuar caminhando, às vezes querendo desistir, mas nunca perdendo a força de lutar, pois quem vence algo, nem sempre é um vencedor, entretanto, quem perde um dia e encara a derrota como um incentivo, é um guerreiro merecedor de glória.

Tenho em minhas mãos duas caixas que Deus me deu para guardar. Ele disse: - Coloque todas as suas tristezas na preta e todas as suas alegrias na dourada. Eu atendi Suas Palavras e nas duas caixas tanto minhas alegrias quanto minhas tristezas guardei. Mas, embora a dourada ficasse cada dia mais pesada, a preta era tão leve quanto antes. Curioso, abri a caixa preta, e vi na base da caixa, um buraco pelo qual minhas tristezas saíam. Mostrei o buraco a Deus, e pensei alto: Gostaria de saber onde minhas tristezas podem estar! Ele sorriu gentilmente para mim e disse_me: - Meu filho, elas estão aqui comigo. Perguntei: - Deus, por que me destes as caixas, sendo a dourada perfeita e a preta com o buraco no fundo? - Meu filho, a dourada é para você contar suas bênçãos, a preta é para deixar ir embora suas tristezas.

Devemos considerar nossos amigos uma bênção. Nosso vizinho, nosso condômino, nossa comunidade e também você é uma Benção de Deus.
Deus o abençoe.

Pastor Oriel Campos
Igreja Evangélica Palavra Viva

Fonte: Texto extraído do Amavim (Associação dos Moradores da Vila Monumento)



10 de mar de 2009

O QUE É A HAPPY SCIENCE

Nesse programa, Dr. Adão Nonato entrevista o líder da Happy Science, Takashi Kadomori. Conheça essa recente religião, iniciada em 1986.

Parte 1


Parte 2


Parte3


fonte: TV Mundo Maior, programa UniLuz.

EXPIAÇÃO E ARREPENDIMENTO

"Todo aquele que comete o mal é escravo do mal" (João 8:34)

Quando alguém prejudica outrem, inicia-se uma vinculação mental nefasta que pode durar meses ou anos, somente cessando com o arrependimento do agressor e a compreensão do ofendido. Mas o simples arrependimento não é suficiente para que o mal seja extinto; é necessário que o prato da balança se equilibre, o que será possível com a liquidação da dívida. "O mal só é reparado pelo bem". (Questão 1000 - Livro dos Espíritos). O réu se sentirá em paz somente quando demonstrar com atos as suas intenções sinceras de arrependimento.

Palavras nem sempre convencem, porque não representam sacrifício real daquele que deve. Quando se resgata uma dívida, há uma cessão de valores em troca do recibo do compromisso; não basta o agradecimento, é imprescindível receber o valor estipulado no título de crédito.
Um débito pode ser prorrogado, mas nunca indefinidamente. Aqui na carne, podemos esquivar-nos, lançando mão dos mais variados artifícios. Entretanto, no plano espiritual não podemos enganar; os pensamentos nos denunciam inevitavelmente. Por isso podemos adiar o resgate, mas fatalmente um dia teremos que efetuar o pagamento.

Infeliz daquele que não se arrepende e não se propõe a quitar a dívida, porque quanto mais o tempo passa, mais dificuldades serão acrescidas à vida mental de cada um.
Não adianta tentar prorrogar o vencimento, na esperança de uma anistia ou prescrição; a contabilidade divina persistirá apontando os faltosos, acompanhando-os onde estejam, porque ninguém consegue fugir da própria consciência, severo juiz de nossos atos.

À medida que o tempo passa, vamos reconhecendo os nossos erros. Reconhecendo-os, nos sentimos no dever de eliminá-los. É como se fosse uma mancha da qual queremos nos livrar, e sem alijá-la não conseguiremos nos libertar dos remorsos nem teremos a paz desejada.

De acordo com o progresso que alcançarmos, vamos admitindo os nossos erros. Aquilo que ontem era natural, hoje já nos causa repulsa. A nossa visão sobre o bem e o mal se dilata e passamos a exprobar aquilo que, para nós, na ocasião, parecia necessário fazer, como represália ou como reivindicação egoística.

Através da nossa reforma interior, no decorrer da existência terrena, vamos evitando praticar certos atos condenáveis, até que um dia não mais teremos ações censuráveis e assim estaremos em harmonia com nós mesmos.

Um dos mais importantes ensinamentos concedidos por Jesus foi a respeito da lei de causa e efeito. Foi Ele quem sentenciou: - A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória. Assim sabemos que os erros cometidos em existências milenares deverão ser suprimidos de conformidade com as nossas possibilidades evolutivas, pois eles se encontram inseridos em nosso livro consciencial.

Antonio F. Rodrigues

Fonte: Texto extraído do livro espírita "Aids, Homossexualismo, Alcoolismo, Conflitos familiares, Temas diversos" - Editora EME



8 de mar de 2009

EVANGELHO DA SEMANA | MARCOS 10:51

"Perguntou-lhe Jesus: -Que queres que eu faça?"

Cada aprendiz em sua lição.
Cada trabalhador na tarefa que lhe foi cometida.
Cada vaso em sua utilidade.
Cada lutador com a prova necessária.
Assim, cada um de nós tem o testemunho individual no caminho da vida.
Por vezes, falhamos aos compromissos assumidos e nos endividamos infinitamente, no serviço reparador, todavia, clamamos pela misericórdia do Senhor, rogando-lhe compaixão e socorro.
A pergunta endereçada pelo Mestre ao cego de Jericó é, porém, bastante expressiva.
"Que queres que eu faça?"
A indagação deixa perceber que a posição melindrosa do interessado se ajustava aos imperativos da Lei.
Nada ocorre à revelia dos Divinos Desígnios.
Bartimeu, o cego, soube responder, solicitando visão. Entretanto,
quanta gente roga acesso à presença do Salvador e, quando por ele interpelada, responde em prejuízo próprio?
Lembremo-nos de que, por vezes, perdemos a casa terrestre a fim de aprendermos o caminho da casa celeste; em muitas ocasiões, somos abandonados pelos mais agradáveis laços humanos, de maneira a retornarmos aos vínculos divinos; há épocas em que as feridas do corpo são chamadas a curar as chagas da alma, e situações em que a paralisia ensina a preciosidade do movimento.
É natural peçamos o auxílio do Mestre em nossas dificuldades e dissabores; entrem entes, não nos esqueçamos de trabalhar pelo bem, nas mais aflitivas passagens da retificação e da ascensão,
convictos de que nos encontramos invariavelmente na mais justa e proveitosa oportunidade de trabalho que merecemos, e que talvez não saibamos, de pronto, escolher outra melhor.

Fonte: Livro Fonte Viva - Psicografia Francisco Candido Xavier - Espírito Emmanuel

6 de mar de 2009

ELEMENTAIS, ENCANTADOS E NATURAIS

Sei que é complicado conseguirmos fontes confiáveis de informação a respeito de assuntos como este proposto (elementais e encantados da natureza). Dentro da literatura kardecista me limito a fazer menção de uma obra de Chico Xavier , não pela quantidade de informação mas pela autenticidade e valor incontestável da mediunidade deste verdadeiro “apóstolo” encarnado:
André Luiz em suas obras psicografadas na mão de Chico Xavier, não perde oportunidades em citar o valor e as benesses adquiridas no contato com a natureza, como em “Os Mensageiros” cap 41(entre árvores), por exemplo, e vai além no livro “Nosso Lar”, cap.50 pg.279, temos este texto: “ Narcisa chamou alguém, com expressões que eu não podia compreender. Daí a momentos oito entidades espirituais atendiam-lhe ao apelo . Imensamente surpreendido, vi-a indagar da existência de mangueiras e eucaliptos. Devidamente informada pelos amigos, que me eram totalmente estranhos, a enfermeira explicou:
- São servidores comuns do reino vegetal, os irmãos que nos atenderam...”.
Olhando de fora fica claro que André Luis conhece e muito bem este assunto, mas talvez para não criar polêmica ou até mesmo, simplesmente, por não ser prioridade no enfoque da doutrina Kardecista ele faz apenas esta pequena referência, aos nossos irmãos que estagiam na natureza.
Exitem ainda autores que vão além no assunto, ainda numa abordagem kardecista , como é o caso de Rochester que no seu “Narrativas Ocultas”, editado pela “Boa Nova ” , escreve: “As ondinas , as libélulas e as almas das flores”.
Agora pulando toda aquela febre, de duendes e gnomos, vamos a Umbanda, onde temos uma realidade imensuravelmente rica , com incorporações de entidades na qualidade de orixás , que vêm especialmente para trazer o axé dos reinos da natureza e suas dimensões, como o caso das “oxuns”, “ nanãs ”, “oguns”(os encantados ).... e as tão faladas “sereias”.
Quem nunca ouviu “o canto da sereia em terreiros” de umbanda , “o canto que a todos encanta”, são entidades que estagiam nas mais variadas dimensões da natureza.
Agora o que nos resta é classifica-los e entende-los dentro de nosso contexto, ou de um todo.
Na “Gênese Divina de Umbanda Sagrada ” , livro psicografado por Rubens Saraceni , o espírito de Seiman Hamiser yê (um espírito integrado às hostes de Ogum Mêge ) nos explica que nós também já fomos elementais e encantados da natureza uma vez que faz parte do caminho da evolução, pois fomos criados por Deus que nos dá nossas qualidades primevas e natureza original e onde somos como que estrelas da constelação do criador.
Somos então “seres essenciais”, somos apenas um mental totalmente inconsciente mas qualificados em uma das sete qualidades essenciais do Criador. Para nossa dimensão, seria como estar em um parto divino onde estamos sendo gerados para as dimensões onde habitam os filhos do Criador, passamos a absorver as energias a fim com nosso padrão vibratório tornando-nos “seres elementais ”. A partir de nossa essência original se forma o primeiro elemento e com o amadurecimento passamos a absolver um segundo elemento, como que instintivamente. A partir da absorção do terceiro elemento começa a se formar um corpo já estruturado com centros de energia, que darão origem aos chacras em si e é neste estágio em que começamos a adquirir certa consciência, somos considerados “seres encantados”, onde somos conduzidos por nossos sentidos, onde nossas faculdades relacionadas a tal sentido afloram e amadurecem,de tal forma que passam a espandir nossa capacidade mental.
Daí para frente nos tornamos “seres naturais”, podendo ou não entrar no ciclo encarnacionista , que serve para acelerar nossa evolução rumo de volta ao Criador, onde voltaremos a deixar de ter um corpo (como nós o entendemos na matéria), até que nos tornaremos outra vez um mental ou “estrelas de Deus” e da criação, como no plano virginal, só que a gora não mais inconscientes mas hiper conscientes, não precisando nada além da mente para tudo realizar.
É todo um universo a ser estudado, para quem quiser entender melhor existem passagens em alguns livros que relatam a experiência de algumas entidades como os encantados:
No livro “Cavaleiro da Estrela da Guia” Simas de Almoeda o “ Pagé Branco” entra em contato com encantados do fogo dentro da dimensão deles.
No “Guardião do fogo Divino” o personagem entra na dimesão de uma “Oxum do fogo” tem o prazer divino de conhecê-la e ajudá-la na orientação dos encantados sob sua tutela.
No “ Hash Meir ” ele entra em contato com encantadas do reino da mãe Yemanjá ....
Bem para completar, todos nós Umbandistas também entramos em contato com os encantados e encantadas da natureza e naturais, pois damos passagem a sua incorporação durante nossos trabalhos, o que vem a engrandecer e ajudar mutuamente aos dois lados.

Contribuição: Texto de Géro Maita, Dirigente do Centro Espiritualista de Umbanda Esperança.

OS 51 SINAIS DO DESPERTAR ESPIRITUAL

Nesta fase de transição planetária vamos observar alguns sintomas acontecendo com nosso corpo e mente.

1. Mudança no padrão de sono
Perturbações durante o sono, pés quentes, acordar duas ou três vezes durante a noite. Sentir-se cansado e com sono depois de acordar. Adormecer e acordar durante o dia. O Padrão de 3 Sonos, que acontece freqüentemente a muitas pessoas caracteriza- se por: dormir cerca de 2-3 horas, acordar, voltar a adormecer mais 2-3 horas, acordar de novo, voltar a adormecer mais 2-3 horas. Outras pessoas viram alterar-se as suas necessidades de sono, passando a dormir menos. Ultimamente, algumas pessoas sentem enormes ondas energéticas percorrendo o seu corpo a partir do coronário (centro energético no alto da cabeça). Estas ondas podem afetar o sono.Conselho: Habitue-se. Pacifique-se com essa energia e não se preocupe se não dormir o suficiente (preocupação que, por vezes, pode causar mais insônia). Será capaz de suportar bem o dia se pensar que tem a quantidade certa do que necessita. Também pode pedir ao seu Eu Superior que, de vez em quando, lhe dê um intervalo para poder ter um sono reparador. Se, durante a noite, não conseguir adormecer, aproveite esse tempo para meditar, ler poesia, escrever o seu diário ou olhar para a Lua. O seu corpo ajustar-se-á ao novo padrão.

2. Atividade do chakra coronário (alto da cabeça)
Sensações de tilintar, comichão, formigamento e arrepios no couro cabeludo e/ou na coluna. Sensação de vibração energética no topo da cabeça, como se a energia jorrasse em chuveiro. Poderá sentir pressão na coroa, como se alguém estivesse a pressionar um dedo contra o centro da cabeça. Como referido no ponto 1, vivemos enormes carregamentos de energia através do chakra coronário. Podemos sentir uma pressão mais generalizada, como se a cabeça estivesse dentro dum aparelho muito suave.Conselho: Não se assuste. Trata-se da abertura do chakra da coroa. Tais sensações dizem-lhe que você está aberto a receber a energia divina.

3. Repentinas ondas de emoção
Choro convulsivo. Inesperadamente, sente-se zangado, deprimido, triste ou muito infeliz à mínima provocação. Emoções à solta. Muitas vezes a pressão ou as emoções congestionadas são sentidas no chakra do coração (no centro do peito), o que não deve ser confundido com o coração, localizado à esquerda do chakra do coração.Conselho: Aceite os seus sentimentos como surgem, abençoe-os e deixe-os partir. Sinta a conteúdo emocional da energia no chakra do coração. Expanda-a para todos os seus campos e respire profundamente, desde o umbigo até a parte superior do peito. Sinta a emoção e deixe-a evaporar-se. Não dirija as emoções para ninguém. Você está limpando o passado. Se necessitar de ajuda, diga em voz alta que pretende largar todo esse velho material e peça ajuda ao seu Eu Superior. Também pode pedir aos Anjos da Graça (energia branco cristal) que o ajudem a soltar estas emoções, fácil e suavemente. Agradeça por o seu corpo estar soltando estas emoções, não as retendo dentro de si, o que poderia provocar danos. Uma das nossas fontes sugere que a depressão está ligada às relações de «deixar ficar como está», de relações pessoais, profissionais, etc. que já não servem nem a nós, nem às nossas freqüências.

4. Clarificação de carma
Velhos conteúdos parecem estar ressurgindo, como descrito acima, ressurgindo em sua vida as pessoas envolvidas nesses episódios. Casos de encerramento de processo. Ou talvez você precise trabalhar o seu amor-próprio, abundância, criatividade, apegos, etc. Começarão a aparecer os recursos ou as pessoas de que necessita para auxiliar neste trabalho.Conselho: O mesmo do que para Ponto 3. E ainda: não se envolva demasiado na análise destas situações, pois isso fará com que volte para eles, novamente, cada vez a níveis mais profundos. Peça ajuda de um terapeuta, se necessitar, e avance. Não tente evitar nem «passar ao lado» destas «memórias».

4. Clarificação de carma
Velhos conteúdos parecem estar ressurgindo, como descrito acima, ressurgindo em sua vida as pessoas envolvidas nesses episódios. Casos de encerramento de processo. Ou talvez você precise trabalhar o seu amor-próprio, abundância, criatividade, apegos, etc. Começarão a aparecer os recursos ou as pessoas de que necessita para auxiliar neste trabalho.Conselho: O mesmo do que para Ponto 3. E ainda: não se envolva demasiado na análise destas situações, pois isso fará com que volte para eles, novamente, cada vez a níveis mais profundos. Peça ajuda de um terapeuta, se necessitar, e avance. Não tente evitar nem «passar ao lado» destas «memórias».

Abrace o que aparecer e agradeça por isso contribuir para o seu desenvolvimento. Agradeça ao seu Eu Superior por lhe dar a oportunidade de se livrar destes «resíduos». Lembre-se, você não quer que eles continuem no seu ADN.

5. Alteração no peso corporal
O excesso de peso adquirido pela população é, em geral, extraordinário. Outros setores da população podem, pelo contrário, estar perdendo peso. Geralmente, ganhamos peso porque muitos medos reprimidos estão voltando para serem tratados. Reagimos construindo defesas, tentando ancorar-nos ou obter massa corporal, de forma a não permitir que a freqüência no corpo aumente.Conselho: Não seja teimoso. Aceite isto como um sintoma do que está se passando com você. Perderá ou ganhará peso, quando todos os seus medos forem integrados. Solte a sua ansiedade. Depois, talvez constate que será mais fácil perder ou ganhar peso.Exercício: Antes de começar a comer, experimente o seguinte: sente-se à mesa, posta com um aparelho de louça bonito. Acenda uma vela. Aprecie a aparência da comida. Coloque a sua mão dominante no coração e abençoe o alimento. Diga ao seu corpo para usar o alimento para se alimentar corretamente, em vez de usar a comida para alimentar as suas zangas emocionais. Depois, passe a mão, da esquerda para a direita, por cima do alimento, abençoando-o. Poderá notar que a comida parece quente à sua mão, mesmo que seja um prato frio. Repare que quando abençoamos a comida, não comemos tanta quantidade. Outra coisa que poderá fazer enquanto come é não ver TV ou ler. Aprecie saudavelmente a bênção que está à sua frente.

6. Mudanças nos hábitos alimentares
Desejos estranhos e escolhas esquisitas. Há quem sinta mais fome ou menos fome do que anteriormente. Conselho: Não negue o que o corpo lhe pede. Se não tiver a certeza, tente provar antes de escolher, para ver se é isso o que o corpo quer. Tente também abençoar os alimentos, como descrito no ponto 5.

7. Intolerância e alergias a certo tipo de alimentos, que nunca teve antes
Conforme vai crescendo espiritualmente, você se torna mais sensível a tudo o que o rodeia. O seu corpo dir-lhe-á o que já não tolera, como se também ele estivesse rejeitando o que já não lhe serve. Pode estar se limpando de toxinas. Certas pessoas descobrem um resíduo branco na boca, parecido com a baba de corredores no fim de uma corrida.Conselho: Isso pode ser retirado esfregando 2 colheres de azeite na boca, durante 10 a 15 minutos (não engula); depois cuspa para o vaso sanitário - não para o lavatório. Escove os dentes e, depois, limpe a escova.

8. Amplificação dos sentidos
Aumento de sensibilidade
a) Perturbação na visão, objetos tremeluzentes, observação de partículas brilhantes, visão de auras em pessoas, plantas animais e objetos. Alguns relatam ver como transparentes os objetos normalmente opacos. Quando fecha os olhos já não vê escuridão, mas vermelhidão. Talvez veja formas geométricas, cores brilhantes e quadros quando tem os olhos fechados. As cores aparecem mais vivas. O céu pode parecer tingido ou a relva ter um verde espantoso. Conforme vai se tornando mais sensível, poderá ver formas ou riscos no ar, especialmente quando o quarto estiver mais escuro. Poderá ver formas brancas na sua visão periférica, quer com olhos abertos, quer com eles fechados.Conselho: A sua visão está mudando de várias maneiras; está conhecendo novas formas de ver. Seja paciente. Aconteça o que acontecer, não se assuste. Visões nebulosas podem ser aliviadas desviando o olhar.

b) Aumento ou diminuição na capacidade auditiva. Audição de ruídos na cabeça, como «bips», sons, música ou sons eletrônicos. Há quem ouça água correndo, zunidos, barulhos ou toques. Há quem tenha o que se chama dislexia auditiva, ou seja, nem sempre consegue perceber o que os outros estão dizendo, como se não conseguisse entender a sua própria língua. Algumas pessoas ouvem vozes estranhas em sonhos, como se alguém lhes estivesse gritando ao ouvido.
Nestes casos pode pedir à «isso» para ir-se embora, ou pedir ao plano angélico para tomar conta da situação. Mais uma vez, não há nada a temer .Conselho: Renda-se. Deixe ir. Ouça. Os seus ouvidos estão se ajustando a novas freqüências.

c) Intensificação do sentido do olfato, tato (toque) e/ou sabor. Há quem se aperceba de que passou a conseguir detectar o cheiro e o sabor dos aditivos químicos em alguns alimentos, de uma forma bastante desagradável. Por outro lado, alguns alimentos passam a ter um sabor maravilhoso. Para algumas pessoas, esta intensificação dos sentidos é tanto maravilhosa como divertida. Pode ser possível cheirar a fragrância de flores aqui e ali. Muitos místicos fazem-no. Aproveite.

9. Erupções da pele: borbulhas, inchaços, acne, urticária e herpes.
A ira produz perturbações à volta da boca e queixo. Certa pessoa teve uma dermatite nas extremidades durante vários meses, enquanto curava um episódio do seu passado. Quando saneou a maior parte desse material, o problema foi resolvido.Conselho: Poderá estar deixando sair toxinas e trazendo emoções à superfície. Quando existe material que deve ser liberado e você tenta reprimi-lo, a sua pele expressará a situação por si, até que se decida a trabalhar as emoções.

10. Alternância entre vigor e cansaço
Episódios de energia intensa que o fazem querer saltar da cama e agir, seguidos por períodos de letargia e cansaço. O cansaço, normalmente, segue-se a grandes mudanças. Aceite, pois este é um tempo de integração.Conselho: Flua com a natureza da energia. Não a combata. Seja gentil consigo. Durma a sesta, se estiver cansado. No caso de sentir muita energia e não conseguir dormir, escreva pensamentos ou um romance. Tire vantagem do tipo de energia.

11. Alterações na oração ou na meditação
Talvez não sinta as sensações habituais. Não tem a mesma experiência no contato com o Espírito. Dificuldade em concentrar-se. Conselho: Talvez tenha passado a estar em comunhão com o Espírito mais freqüentemente e durante mais tempo. A sensação pode ser diferente, mas acabará por se adaptar a ela. Na verdade, você passou a pensar e agir em conformidade com o Espírito. Poderá notar que os seus períodos de meditação são agora mais curtos.

12. Ondas de energia
De repente, sente-se percorrido por energia da cabeça aos pés. É uma sensação momentânea e pouco confortável. Por outro lado, algumas pessoas sentem um frio inexplicável. Se você for um trabalhador de energia, deve ter reparado que o calor que corre nas suas mãos aumentou consideravelmente. Isto é bom. Conselho: Se sentir desconforto, peça ao seu Eu Superior para aumentar ou diminuir a temperatura.

13. Sintomas variados
Dores de cabeça, dores de costas, dores de pescoço, sintomas de constipação (chamada «constipação de vibração»), problemas digestivos, danos musculares, aceleração dos batimentos cardíacos, dores no peito, alterações no desejo sexual, dores nos membros, vocalizações ou movimentos de corpo involuntários. Há quem tenha que se defrontar e solucionar certos episódios da infância. Relaxe. São sintomas temporários.

14. Rejuvenescimento
Tornar-se-á cada vez mais leve à medida que for limpando o material emocional, libertando crenças limitadoras assim como bagagem pesada do passado. A sua freqüência aumentou. Ama-se mais, assim como ama mais a vida. Comece a mostrar a perfeição que você realmente é.

15. Sonhos vivos
Por vezes, os sonhos são tão reais que acorda confuso. Também pode ter sonhos lúcidos, nos quais está no controle: você sabe que não está «sonhando»; o que está acontecendo é de alguma forma real. Muitos sonhos poderão ser místicos ou trazer mensagens. Lembrar-se-á daquilo que for importante para si. Não force nada. Acima de tudo, não tenha medo.

16. Acontecimentos que alteram completamente a sua vida
Morte, divórcio, mudança no trabalho ou de emprego, perda de casa, doença, e/ou outras catástrofes - por vezes, várias de uma só vez. Trata-se de forças que o obrigam a desacelerar, simplificar, mudar, reexaminar o que você é, assim como o que a sua vida lhe diz. Forças que não pode ignorar, que o obrigam a desapegar-se, que o acordam para o amor e compaixão por tudo.

17. Libertação
Desejo de cortar com todos os padrões restritivos: empregos, estilos de vida consumistas e pessoas ou situações tóxicas. Necessidade de «se encontrar» e de encontrar o propósito da sua vida - Agora! Quer ser criativo e livre para ser aquilo que é, na verdade. Apetência para as artes e a natureza. Desejo de cortar com coisas e pessoas que já não lhe dizem nada. Conselho: FAÇA-O!

18. Confusão mental e emocional
Sentimento de que precisa de arrumar a sua vida, pois está uma confusão. Mas, ao mesmo tempo, sente-se caótico e incapaz de o fazer, de se concentrar. Veja o Ponto 45.Conselho: Concentre-se no seu coração e ouça o seu próprio discernimento.

19. Introspecção, solidão e perda de interesse por atividades no exterior
Este estado apareceu de surpresa a muitos extrovertidos que, antes, se viam envolvidos em diversas atividades. Agora dizem: «Não sei porquê, mas já não gosto tanto de sair como antes».

20. Manifestações de criatividade
Recepção freqüente de imagens, idéias, música e outras inspirações criativas.Conselho: Pelo menos registre estas inspirações, porque o Espírito está falando com você sobre como poderá preencher o seu propósito e contribuir para a regeneração do planeta.

21. Percepção de que o tempo está acelerando
Tem essa impressão porque sofreu muitas e freqüentes alterações na sua vida. A quantidade de alterações parece estar aumentando.Conselho : Repartir o dia em encontros e segmentos temporários, aumenta o sentido de aceleração. Pode abrandar o tempo relaxando no momento presente e prestando atenção ao que tem em mãos, sem antecipar os acontecimentos. Abrande e diga para si mesmo que tem bastante tempo. Peça ajuda ao seu Eu Superior. Mantenha-se atento ao presente. Tente passar de uma atividade a outra. Centre-se no seu guia interior.

22. Premonição
Um sentimento de que algo vai acontecer, que pode criar ansiedade.Conselho: Não há nada com que se preocupar. As coisas acontecem mesmo, mas a ansiedade só lhe criará mais problemas. Não há nada a temer.

23. Impaciência
Sabe o que fazer, mas, por vezes, isso não ajuda. Quer resolver o que lhe parece estar no seu caminho. Reconhece que as incertezas são desconfortáveis. Conselho: Aprenda a viver com incertezas sabendo que nada lhe aparecerá à sua frente, se não estiver pronto. A impaciência é, na realidade, uma falta de confiança, especialmente no seu Eu Superior. Quando focar o presente, verá milagres acontecerem.

24. Despertar
Talvez um interesse pelo Espírito surja, pela primeira vez, na vida. Uma chamada profunda para o significado da vida, para o seu propósito. Ligação espiritual e revelação. Um "constante desejo ardente" como lhe chama K.D. Lang. A vida mundana não preenche este vazio.Conselho: Siga o seu coração, e o caminho ser-lhe-á mostrado.

25. Ser diferente dos outros
Um sentimento estranho de que tudo na sua vida parece novo e alterado, que deixou o seu eu antigo para trás. E deixou! Está muito maior que pode imaginar. E há mais para vir!

26. Ajudas de vários tipos
Aparecem «professores» em todo o lado, no momento certo, para ajudar à sua caminhada espiritual - pessoas, livros, palestras, filmes, acontecimentos, Mãe Natureza, etc.
Estes «professores» podem parecer negativos ou positivos, mas, de uma perspectiva transcendente, são sempre perfeitos. Surgirá, precisamente, o que tiver que aprender.Conselho: Lembre-se de que nunca receberemos mais do que aquilo que estamos preparados para lidar. Cada desafio apresenta-nos uma oportunidade para provarmos a nossa mestria na sua superação.

27. Compreensão súbita
Encontro de uma pista espiritual, que faz sentido para si e que lhe «toca» nos mais profundos níveis. Repentinamente, obtém uma perspectiva que nunca tinha considerado. Tem fome de mais. Lê, partilha os conhecimentos com outros, faz perguntas e vai ao fundo para descobrir quem é e porque está aqui. Corre o risco filosófico de se perguntar «Por que Existo?».

28. Rapidez de aprendizagem
Aprende depressa. Sente que está «captando» muito rapidamente. Conselho: Lembre-se que as coisas lhe chegarão quando estiver pronto para lidar com elas. Não antes. Lide corajosamente com o que for surgindo e, assim, avançará rapidamente.

29. Presenças invisíveis
Algumas pessoas dizem que, à noite, se sentem rodeadas por seres, ou têm a sensação de serem tocadas ou de que «alguém» lhes fala. Por vezes, acordam. Outras pessoas sentem as órbitas oculares vibrarem. Estas vibrações são causadas pelas mudanças energéticas, depois de feita a limpeza emocional.Conselho: Este é um assunto sensível, mas talvez se sinta melhor se, antes de adormecer, abençoar a sua cama e o espaço à sua volta. Adormeça, na certeza que está rodeado pelos mais magníficos seres espirituais e que está em segurança, ao cuidado de Deus. Não se culpe por ter medo de vez em quando.

30. Presságios, visões, números e símbolos
Vê coisas a que dá significado espiritual. Repara na sincronicidade dos números. Tudo tem uma mensagem se se der ao trabalho de reparar.

31. Intensificação de integridade
Reconhece que é tempo para viver e falar a sua verdade. Subitamente, parece-lhe importante ser mais autêntico, mais você mesmo. Talvez tenha que dizer «não» a pessoas a quem tentou agradar no passado. Achará intolerável manter-se num casamento, emprego ou lugar, que já não se coaduna com o que você é atualmente. Igualmente, talvez se dê conta de que já não tem nada a esconder ou segredos a manter. A honestidade torna-se importante em todos os seus relacionamentos. Conselho: ouça o seu coração. Se o seu interior lhe disser para não fazer algo, fale alto e aja. Diga «não». Da mesma forma deverá dizer «sim» àquilo que considera válido. Deve arriscar-se a não agradar aos outros, sem culpas, de forma a atingir a soberania espiritual.

32. Harmonia com épocas e ciclos
Sente-se mais sintonizado com as estações do ano, fases da lua e ciclos naturais. Maior entendimento sobre o seu lugar no mundo. Uma forte ligação à Terra.

33. Desarranjos elétricos e mecânicos
Com você por perto, as luzes se apagam, o computador trava ou o rádio perde a sintonia.Conselho: Chame os seus anjos ou guias para os arranjar, ou colocarem um campo protetor nas máquinas. Imagine o seu carro rodeado de luz azul. Aprenda a rir...

34. Aumento da sincronicidade
Se ocorrem muitos pequenos milagres... espere por mais!Conselho: Situações sincronizadas dizem-lhe que está agindo na direção certa ou fazendo as escolhas acertadas. O espírito usa a sincronicidade para se comunicar com você. Começou a viver os milagres diários. Veja ponto 30.

35. Desenvolvimento das habilidades intuitivas e alteração de estados de consciência
Pensar em alguém e imediatamente saber desse alguém. Mais sincronismo. Ter percepções internas sobre padrões ou acontecimentos passados. Ver o futuro, ter experiências fora do corpo e outros fenômenos físicos. Intensificação da sensibilidade e do conhecimento. Entender a sua própria essência e a dos outros.

36. Comunicação com o Espírito
Contato com anjos, guias espirituais e outras entidades divinas. Canalizar informação. Cada vez mais pessoas parecem estar recebendo esta oportunidade. Sentir inspiração e obter informação, que toma a forma de escrita, pintura, idéias, comunicações, dança, etc.

37. Sentimento de Unidade
Experiência direta de União. Conhecimento transcendente. Compaixão e amor por tudo o que vive. Compaixão desligada ou amor incondicional por tudo, o que nos leva a mais altos níveis de consciência e júbilo.

38. Alegria e benção
Um profundo e permanente sentido de paz e acompanhamento.

39. Integração
Torna-se mais forte e mais leve emocional, psicológica, física e espiritualmente. Sensação de alinhamento com o Eu Superior

40. Viver o seu propósito
Sabe que está, finalmente, fazendo aquilo que o trouxe à Terra. Novas aptidões e dons estão emergindo, especialmente os de recuperação da saúde. A sua vida/trabalho está, agora, convergindo e começando a fazer sentido. Vai usar, finalmente, todas estas aptidões.Conselho: ouça o seu coração. A sua paixão leva-o para onde deve estar. Deixe-se ir e pergunte ao seu Eu Interior: «O que queres que eu faça?» Preste atenção às sincronicidades. Ouça.

41. Sentir-se mais perto dos animais e plantas
Para algumas pessoas, os animais parecem ser mais «humanos» no seu comportamento. Os animais selvagens mostram menos medo. As plantas respondem ao amor e à atenção que você lhes dá, agora mais que nunca. Algumas até podem ter mensagens para você.

42. Visualização de seres de outras dimensões
O véu entre dimensões é cada vez mais fino, pelo que este fato não surpreende. Mantenha-se no seu posto. Dado que você tem mais poder do que imagina, não receie nada. Peça ajuda aos seus guias, no caso de sentir que escorrega para o medo.

43. Refinamento da visão
Visão de formas mais verdadeiras das pessoas; visão de pessoas queridas com uma face diferente - vida passada ou vida paralela.

44. Manifestação física de pensamentos e desejos
Tudo isto passa a ocorrer de forma mais rápida e eficiente.Conselho: Controle os seus pensamentos. Pois todos eles são orações. Tenha cuidado com o que pede.

45. Hemisfério esquerdo confuso
As suas habilidades físicas, o seu saber intuitivo, os seus sentimentos e compaixão, a sua forma de sentir o corpo, a sua visão, a sua expressão, todos emanam do lado direito do cérebro. Para que esta parte do cérebro se desenvolva melhor, o lado esquerdo do cérebro deve «abrandar». Normalmente, a capacidade do hemisfério esquerdo de ordenar, organizar, estruturar, alinhar, analisar, rever, precisar, concentrar, resolver problemas e aprender matemática domina o nosso menos valorizado cérebro direito. Daqui resultam: lapsos de memória, colocação de palavras na seqüência errada, falta de habilidade ou falta de vontade de ler durante muito tempo, falta de concentração, esquecer-se do que ia dizer, impaciência com formas lineares de comunicação (áudio ou escrita), dispersão, perda de interesse em investigar ou em informação complexa; sentimento de ser bombardeado com palavras, conversas e informação. Relutância em escrever. Por vezes sente-se «obtuso» e não tem interesse em analisar, viver discussões intelectuais ou investigar.Por outro lado, pode se sentir inclinado ao que tem significado: vídeos, revistas com fotografias, trabalhos artísticos, filmes, música, escultura, pintura, estar com pessoas, dançar, jardinagem, andar a pé e outras formas de esforço muscular. Pode procurar informação espiritual ou até ficção científica.Conselho: Se permitir que o seu coração e o lado direito cerebral o orientem, o cérebro esquerdo será ativado apropriadamente para o ajudar. Um dia, estaremos bem equilibrados, usando ambos os hemisférios com maestria.

46. Vertigens
Isto acontece quando não está estabilizado. Talvez tenha acabado de limpar uma grande carga emocional e o seu corpo esteja se ajustando ao seu estado mais «leve».Conselho: «Aterre» comendo proteínas. Algumas vezes, os «alimentos que consolam» são os certos. Não rotule nenhum tipo de comida como boa ou má para si. Utilize a sua intuição para saber do que necessita em dado momento. Tire os sapatos e ponha os pés na relva, por uns minutos.

47. Quedas, acidentes, fraturas
O seu corpo não está estabilizado ou talvez a sua vida esteja desequilibrada. Talvez o corpo esteja lhe dizendo para abrandar, examinar certos aspectos da sua vida ou a resolver certos bloqueios. Procure o significado da mensagem.Conselho: Caminhe na terra ou na relva; ou melhor, deite-se na grama com um cobertor por cima. Sinta a terra por baixo. Passeie na natureza. Abrande e preste atenção. Veja o que está a fazer. Sinta os sentimentos quando estes brotam. Fique no presente. Cerque-se de luz azul quando se sentir confuso.

48. Palpitações cardíacas
Um coração apressado geralmente é acompanhado por uma abertura. Só dura alguns momentos e quer dizer que o coração está se equilibrando depois de uma libertação emocional.Conselho: Consulte o seu médico ou terapeuta sempre que for preciso ou não se sinta bem.

49. Crescimento rápido de cabelo e unhas
Significa que está sendo utilizada mais proteína no corpo.

50. Desejo de encontrar o(a) seu(sua) parceiro(a) certo(a)
Mais que nunca, a idéia de que podemos ter uma relação ideal parece mais desejada.Conselho: A verdade é que devemos ser o tipo de pessoa que queremos atrair. Temos que gostar de nós e do lugar onde nos encontramos agora, antes de podermos atrair um parceiro mais «perfeito». O trabalho começa em casa: retenha o desejo por aquela pessoa no seu coração, mas sem apego. Espere que algum dia irá encontrar alguém que se ajuste mais a si, mas não mantenha expectativas de quem será e de como se passará. Centre-se, antes do mais, em limpar a sua vida e ser a pessoa que quer ser. Seja feliz agora. Goze a vida. Depois verá...

51. Memórias
Memórias de superfície, memórias de corpos, memórias suprimidas, imagens de vidas passadas e/ou vidas paralelas. Porque estamos a harmonizar e a integrar todos os nossos «eus», espere por alguma destas experiências. Conselho: O melhor é prestar atenção só ao que lhe vem à mente. Deixe o resto, não analise tudo ao pormenor (senão ficará atolado de material antigo) e sinta os sentimentos conforme eles forem aparecendo.


2 de mar de 2009

MEDIUNIDADE NO BUDISMO



1 de mar de 2009

EVANGELHO DA SEMANA | TITO 2:8

"Linguagem sã e irrepreensível para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós". Apóstolo Paulo

Através da linguagem, o homem ajuda-se ou se desajuda.
Ainda mesmo que o nosso íntimo permaneça nevoado de problemas, não é aconselhável que a nossa palavra se faça turva ou desequilibrada para os outros.
Cada qual tem o seu enigma, a sua necessidade e a sua dor e não é justo aumentar as aflições do vizinho com a carga de nossas inquietações.
A exteriorização da queixa desencoraja, o verbo da aspereza vergasta, a observação do maldizente confunde...
Pela nossa manifestação mal conduzida para com os erros dos outros, afastamos a verdade de nós.
Pela nossa expressão verbalista menos enobrecida, repelimos a bênção do amor que nos encheria do contentamento de viver.
Tenhamos a precisa coragem de eliminar, por nós mesmos, os raios de nossos sentimentos e desejos descontrolados.
A palavra é canal do "eu".
Pela vávula da língua, nossas paixões explodem ou nossas virtudes se estendem.
Cada vez que arrojamos para fora de nós o vocabulário que nos é próprio, emitimos forças que destroem ou edificam, que solapam ou restauram, que ferem ou balsamizam.
Linguagem, a nosso entender, se constitui de três elementos essenciais: expressão, maneira e voz.
Se não aclaramos a frase, se não apuramos o modo e se não educamos a voz, de acordo com as situações, somos suscetíveis de perder as nossas melhores oportunidades de melhoria, entendimento e elevação.

Paulo de Tarso fornece a receita adequada aos aprendizes do Evangelho.

Nem linguagem doce demais, nem amarga em excesso. Nem branda em demasia, afugentando a confiança, nem branda em demasia, afugentando a confiança, nem áspera ou contundente, quebrando a simpatia, mas sim "linguagem sã e irrepreensível para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós".

Fonte: Livro Fonte Viva - Psicografia Francisco Candido Xavier - Espírito Emmanuel


Related Posts with Thumbnails