25 de mai de 2010

PRATICAR MISTICAMENTE E SEM SE APEGAR

Buda disse: Chi-Bu-Ti, um Bodhisativa que alcançou a iluminação ou obteve o TAO deve praticar doação sem apegar-se u sem visar retribuição. Para não se apegar á doação, deve ter pureza e tranqüilidade dos seis sentidos (visão, audição, olfato, paladar, tato e pensamento) ou não ser influenciado por esses sentidos na hora da doação, isto é, doar independentemente do que sentir e nem guarda-lo no pensamento.
Buda ainda disse: Chi-Bu-Ti, deve-se doar segundo a sua bondade natural ou seu verdadeiro “Eu”, sem guardar o ato da doação ou esperar recompensa. Sabe porque? Porque ao memorizar a doação já terá apego a imagem. Tendo apego a imagem da doação a caridade é limitada, pequena ou de pouca duração. Quando a doação é feita sem apego ou sem guarda-la no pensamento, a caridade é ilimitada, grande ou de muita duração. O espaço rumo á direção lesta, você pode mensura-lo com seu pensamento? Chi-Bu-Ti respondeu: ñ. Buda perguntou novamente: Chi-Bu-Ti, os espaços em direção a Sul, Oeste, Norte, em cima e em baixo, poderia estima-los com pensamento? Chi-Bu-Ti respondeu que ñ.
Buda disse: Chi-Bu-Ti, o que um Santo que não se apega á doação ganha de caridade, é comparado aos espaços de todas as direções que são imensuráveis. Chi-Bu-Ti, quem anda no caminho da purificação deve permanecer e agir com o seu verdadeiro “Eu”, naquele lugar que ensinei, para eliminar os pensamentos incorretos e não ter apego nas doações feitas. Assim, não precisará pedir nada.
COMENTARIO: Ter pureza e tranqüilidade do dos seis sentidos é não praticar os itens a seguir: Visão (cor) – Doar para receber adulação dos outros, para ostentar diante de outrem. Audição (som) – Doar para receber elogios, fama. Olfato (cheiro) – Doar para receber o sustento e assistência de outrem.
Paladar
Tato
– Doar para receber comida gostosa. – Doar para receber prazer ou conforto oriundo do tato.
Pensamento lhe tratar melhor.
– Doar para ter o pensamento de que os outros vão lhe dar mais importância,
Agir misticamente é agir sem sentir o que fez ou embora tenha feito não se apegar ao que fez.
Falou cisão em 1° lugar, pois a visão é a locomotiva dos seis sentidos. Se a visão for pura e tranqüila os outros cinco sentidos serão mais fáceis de se comandar. Além disso, é mais fácil de ser contaminada.
Doar é para ter mais sorte ou ganhar algum beneficio. Com medo de que as pessoas interpretem erroneamente que doar sem se apegar é doar sem nada a receber, que Buda disse “quem doar sem pensar em recompensa terá mais sorte ou muito mais recompensa, como o espaço imensurável, do que quem pensa em ter recompensa”.
Este capitulo incentiva a não se deixar influenciar pelos seis sentidos na doação e praticar o mérito ou caridade externa sem se apegar, como um espelho que reflete a imagem de um objeto colocado á sua frente. Quando esse objeto é retirado, não há mais nenhuma imagem refletida no espelho.

Fonte: Livro O Sutra do Diamante - Com explicação

Pra quem é cristão, me recordo das palavras do Cristo: "Que vossa mão esquerda, não saiba o que dá a direita" ou "Se os teus olhos tiverem luz, todo o teu corpo será são"

Fiquem na luz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails